I'm on a diet... again?!

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Todo ano eu entro em pelo menos duas dietas “sérias”, do tipo “dessa vez vai!”. Agora com o final do ano chegando não teve como escapar. Geralmente faço por conta, cortando doces e coisas mais calóricas, mas é obvio que nao estava funcionando já que sempre acabo tendo que começar de novo.

A única vez em que uma dieta minha funcionou foi quando eu estava para casar, o que o amor não faz, né? Eu já tinha escolhido o meu vestido de noiva, mas faltava um pouco para ele fechar e não tinha mais pano para aumentar. Esse foi meu incentivo e consegui perder uns 6, 7 quilos antes do casamento. Fiquei feliz de ter casado mais magra, mas nos meses seguintes fui engordando e hoje já voltei ao antigo peso. (Então se pensar bem, a dieta NÃO funcionou, hehehe).

No começo do ano fui ao nutricionista, pois não queria inventar nehuma dieta maluca e tinha medo de que a falta da carne desse algum problema. Ele me explicou que era necessário comer carne, nem que fosse de peixe, mas como eu disse que não ia comer ele me passou uma dieta bem variada.

Funcionou super bem, comi coisas que antes não comia, mas eu não consegui manter a dieta por muito tempo e não fazia exercícios, então acabei engordando.

Dessa vez vou aliar a dieta à academia e com certeza o resultado será melhor. Ah, a novidade? Estou voltando à comer carne branca, bem aos poucos, pois fiquei muito tempo sem ingerir qualquer tipo de carne.

Ainda estou meio em dúvida quanto essa minha volta. Me sinto mal pelo modo que os animais são tratados quando destinados ao corte. A carne tem muito hormônio e os animais não vivem em condições normais, vivem apenas para virar comida de humanos. Aqui no Brasil ainda é muito raro encontrar carne orgânica, aquela em que os animais são criados soltos, crescem no seu tempo e sem hormônios. Se isso existisse por aqui eu não me importaria nem um pouco em pagar mais caro por uma carne mais “saudável”.

Para ser sincera ainda prefiro a dieta vegetariana e pretendo manter essa dieta mais presente na minha vida do que a carnívora. Para quem quiser fazer uma consulta com meu nutricionista, aqui está o site dele, recomendadíssimo!

3 comentários:

Ro disse...

é, Isa... acho que a parte mais difícil da combinação dieta e exercício físico, prá mim, é que qdo me exercito acabo sentindo mais fome... kkkk
Vamos ver se a gente pega gosto pela coisa e fica sarada até o fim do ano.
bjos

Aline disse...

oi prima..
é, eu acho td dificil..rsrs dieta não é comigo..rsrs
parece q qdo a gente se compromete a fazer a dieta a risca td eh mais dificil e ai tem festas, churrascos, e ai acaba saindo da dieta de novo..rsrs
Bjos

Ana Carolina disse...

Pra variar, pensamos igual Isa! Concordo plenamente quando você diz que prefere pagar mais caro pra comprar uma carne que não faça o animal sofrer. Mas, como tudo aqui é mais difícil... fica complicado de encontrar! Eu não faço dieta vegetariana, mas tenho tentado diminuir o consumo de carne. Como fazem na dieta mediterrânea, que comem carne vermelha, no máximo, 1 vez por semana, ou até menos! Eles comem muito peixe ou só os vegetais, mesmo. Nesse caso, pagar muuuito caro pela carne vermelha não seria tão complicado, porque seriam muito poucas vezes!

No mais, boa sorte em sua dieta!!! Estou na torcida por você!! Beijos