Sacolinhas plásticas

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010
Já faz um bom tempo que quero falar sobre o assunto mas sempre acabo esquecendo.

Depois que casei me dei conta do tanto de lixo que produzimos e o tanto de sacolinhas plásticas que juntamos. Em relação ao lixo consegui reduzir bastante mandando muita coisa para a reciclagem e reduzindo o desperdício (até a gente acostumar com a quantidade de comida que dois comem leva um tempo). Tenho muita vontade de fazer compostagem, um dia ainda faço!

Mas em relação às sacolinhas eu ainda estava tendo muito problema. Meu “puxa-saco” estava estourando e eu não consegui diminuir. Comecei a pegar caixas de papelão para levar as compras para casa e melhorou um pouco. Mas pequenas compras na padaria, farmácia ainda juntavam uma quantidade significativa de sacolinhas.

Foi então que comprei uma sacola de pano. Penei um pouco para achar uma do jeito que eu queria: unissex (porque o MaridoModerno também faz compras), discreta e de boa qualidade (porque as de TNT que vi por aí não iam durar muito). Mas encontrei, na Livraria Cultura, com estampa comemorativa do ano da França no Brasil. Amei! De lá pra cá meu puxa-saco muxou e teve até ocasiões em que eu precisava de sacolinhas e não tinha.

Infelizmente hoje em dia, com cachorro em casa, eu acabo precisando usar um pouco mais de sacolinhas, mas de qualquer forma fiquei feliz que consegui reduzir drasticamente a quantidade delas em casa.

Meu irmão até me passou o link: http://www.sacolinhasplasticas.com.br/ e o site tem algumas dicas interessantes.

Quando estava no Uruguay vi essa propaganda e não resisti tirar uma foto, já pensando nesse post!

6 comentários:

TG disse...

Hehehe, é verdade quando diz "até a gente acostumar com a quantidade de comida que dois comem", vou fazer 2 anos de casado e vira e mexe tem comida que fica um tempo encostada (como pães de forma bolorentos, biscoitos duros, pra citar alguns...)

Parabéns pela iniciativa, ainda não tomei vergonha na cara e comprei uma sacola, mas é uma coisa que este ano ainda vou fazer. Promessa!!!

Bj
TG

Thacia disse...

Sou totalmente a favor das sacolinhas ecológicas... o problema é ter uma na mão quando eu mais preciso! A minha vive de lá pra cá e nunca está na bolsa ou no carro! Estou até pensando em comprar uma mais portátil pra deixar na bolsa o tempo todo! Vc já viu alguma hiper mega encolhível? rs
Bj!

Daniele disse...

Eu tenho! E sei fazer: é uma sacolionha que parece muito uma sacola de supermercado, mais ou menos do mesmo tamanho (para comprinhas pequenas e que não estavam no planejamento, normalmente), mas ela é de tecido, como se fosse um taktel (é assim que escreve?). Essa sacolinha tem um bolsinho, e quando vc dobra toda, ela fica bem pequenininha, tipo uns 5X10. Eu sei fazer!!! Quando minha máquina de costura consertar e liberar um tempinho, eu faço dessas pras amigas e contribuo pra campanha da Isa!
Beijos!!!

Anônimo disse...

Já tinha ouvido comentários das sacolas para ir a feira ou Hipermercados .Pelo menos dentro do mês a redução é grande néh! Valeu sua iniciativa.

:)

Isabela Bonfim disse...

Eu já vi uma que é feita de TNT mesmo, mas ela nao dobra, é só amassar e por na bolsa. Acho q depois dessa oferta a Leli vai ter várias encomendas, hihihi...

Luis Corvini Filho disse...

Parabéns Isa! Bem vinda ao clube da sustentabilidade.
Se quiser ver mais dicas, acesse www.biosferatv.com.br

E mande um abraço para o Jô. Como não estou mais em São Carlos, provavelmente minha visita vai demorar um pouquinho mais, hehehe.

Bjos do padrinho eterno.

Luis