Esconde-esconde

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Toda vez que vou viajar eu escondo minha caixinha de jóias e bijuterias; não tanto pelo valor material, mas principalmente pelo emocional. São presentes que ganhei quando fiz 15 anos, quando comecei a namorar, de formatura e herancinhas. Ou seja, são coisas valiosas PARA MIM, mas que provavelmente não serão para os outros. Como sou meio apavorada em relação a assaltos sempre invento um novo lugar para esconder.


No começo do ano, viajei por apenas uma semana, mas mesmo assim escondi. Porém, escondi tão bem, tão bem, que quando voltei não lembrava onde tinha posto. Pensei comigo mesma “logo aparece”. Mas aí passou um mês, dois, já estava perto de fazer 5 meses do sumiço da caixinha e nada dela aparecer. Fiquei desesperada! Aproveitei que estava arrumando meu armário e comecei a procurar nos lugares mais improváveis, mesmo assim não encontrei.


Ontem foi a gota d’agua. Decidi que iria encontrar de qualquer jeito, até na cozinha eu procurei. Quando o MaridoLindo chegou em casa eu estava desconsolada, pois não obtive sucesso algum (pelo menos o armário está mais arrumado agora!). Eu já estava até cogitando hipnose, hahaha.


O MaridoPaciente teve a idéia de “recriar” o dia do sumiço, lembrar de todas as coisas que eu tinha feito e do momento em que escondi. E não é que deu certo! Ele fez com que eu mostrasse exatamente o que tinha feito quando estava escondendo e aos poucos fui lembrando. Eu tinha escondido em baixo da cama, mas por achar meio “fácil” de ser encontrada troquei de lugar. Lembrava que tinha algo a ver com minhas gavetas, mas eu já tinha vasculhado tudo! Por impulso, olhei em uma das gavetas que não uso muito, e caixinha estava lá, dentro de uma sacolinha, enrolada em um pijama! Não conseguia acreditar que depois de 5 meses tinha finalmente encontrado meu tesourinho.


Portanto, meus caros leitores, minha dica de viagem de hoje é a seguinte: se você tem o hábito de esconder coisas mais valiosas quando viaja não deixe de fazer, porém escreva um bilhete com uma dica de onde está escondido e cole na geladeira. A gente acha que nunca vai esquecer onde escondeu, mas acredite isso acontece!

6 comentários:

Aline disse...

Isaaa
Nossa, vc sabe que isso tbm ja aconteceu comigo??
Ai que stress que é voce procurar algo que voce mesma escondeu...terrivel!!!
E acho que dá mais nervoso ainda qdo voce encontra e percebe que faltou só esse lugar pra procurar..afe!
Bjos

Tha disse...

hehehhe eu sou pró em esconder e perder! Teve vez q o desespero foi tão grande que comecei a procurar até na geladeira e dentro do fogão, juro!!!! hehehe

Isabela Bonfim disse...

Puxa, que bom saber que não estou sozinha! Não olhei no fogão por pouco, viu....

**Li** disse...

Como eu esncondo as coisas na casa da minha avó, naum tenhu como esquecer nunka.. a não ser ela esqueça! rs.

Isabela Bonfim disse...

Hahaha, boa Line! Pelo menos vc sabe que está lá...

Daniele disse...

Zá, o post está divertidíssimo. Aliado à narração ao vivo, então, nem se fala!
Beijosss!!!
ps: amiga, ontem vi que vc me deixou msg no MSN. Mas eu fui numa feira de noivas com o Gui, e esqueci o MSN ligado, aí só vi bem de noite, qd cheguei... Desculpe!!!